Resenha: O sol é para todos Resenha: Em algum lugar nas estrelas Resenha: Laços

Resenha - Misery - Louca obsessão



Título: Misery – Louca obsessão

Autor: Stephen King

Editora: Suma de letras

Ano de publicação: 2014

Páginas: 326

ISBN: 9788581052144

Nota: 04/05






Paulie, Sai dessa!

Paul Sheldon é um escritor que emerge da nuvem negra com fortes dores abaixo do joelho, e não tem recordações dos últimos acontecimentos que o levaram ali.

Quando desperta totalmente, Paul descobre que se acidentou com o seu Camaro após uma forte nevasca e está sob cuidados de uma “enfermeira” e, coincidentemente uma leitora voraz de seus livros – principalmente de Misery -, sua fã número um, Annie Wilkes. Paul desconfia que tem de algo de errado com essa mulher, que tem lapsos de memória, e em certos momentos, parece se desligar. Annie se considera uma fã número um de Paul Sheldon. Não satisfeita com o fim do personagem Misery, Annie convence Paul a escrever uma continuação somente para Annie dando vida a Misery.

Annie utilizará vários métodos para incentivar Paul, como deixar de dar analgésicos para dor e, se não funcionar, ela tem machado, faca elétrica...

Em alguns momentos, a leitura se torna cansativa. Somos transportados para as alucinações de Paul Sheldon, muitas vezes dopado de remédios, outras vezes por causa da sua imaginação fértil. O livro se torna interessante nos momentos finais, pois queremos saber como tudo irá acabar e fiquei satisfeito como tudo se desenrolou no final.

Annie Wilkes será eternamente sua fã número um.

O livro, originalmente escrito em 1987, inspirou o filme Louca Obsessão lançado nos Estados Unidos em 1990, com James Caan no papel de Paul Sheldon e Kathy Bates no papel de Annie Wilkes.
Cena do filme Louca Obsessão (1990) Foto: reprodução.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...