Resenha: O sol é para todos Resenha: Em algum lugar nas estrelas Resenha: Laços

Resenha: O caçador de pipas

Título: O caçador de pipas

Autor: Khaled Hosseini

Editora: GloboLivros

Ano de publicação: 2013

Páginas: 352

ISBN: 9788525054203

Nota: 04/05


Amir e Hassan, grandes amigos, mas separados por diferenças sociais e culturais. Por ser um hazara, Hassan é considerado pelos demais inferior e não digno de qualquer coisa na vida. Ele mora na casa de Amir, prestando serviços como empregado junto com seu pai Ali que é um grande amigo do pai de Amir.


Amir é uma criança egoísta, inteligente e que não tem coragem de enfrentar as situações difíceis, que todas as crianças costumam passar na escola, na rua, com seus colegas e vizinhos. Seu pai o considera um covarde, não diz isso na frente do filho, mas, comenta isso com seu amigo Rahim Kham que não concorda com ele, acha que o pai dele está sendo injusto com o menino.

Devido às condições financeiras que Amir tem e também por ser um pashtun, ele frequenta a escola, aprende a ler e a escrever. Sua atividade preferida é ler e contar histórias para Hassan, que não sabe ler. Ao invés de contar às histórias que realmente estão nos livros, Amir inventa as histórias, as palavras que Hassan não sabe o que significa ele diz o significado errado só por diversão.

Até que no inverno de 1975 tudo muda. Amir quer impressionar seu pai e acabar de uma vez por todas com o abismo que separa um do outro. Sua chance é ganhando o campeonato de pipas. Ele consegue ganhar e para que a glória da sua vitória seja maior, ele pede para Hassan ir atrás da última pipa que ele cortou. O que acontece neste dia, encerra um período feliz e de harmonia na vida de ambos.

Hassan demora a voltar e Amir vai atrás dele. Para sua surpresa, algo terrível acontece com seu amigo e Amir não teve coragem para ajuda-lo. Depois disso, Amir decide que não quer mais contato com Hassan e faz de tudo para que ele saia da sua vida.

Os anos passam e com a invasão soviética, Amir e seu pai se mudam para os Estados Unidos. Os dois recomeçam suas vidas, Amir conhece Soraya que se torna sua esposa. Tudo parece bem na vida de Amir, mas ele nunca consegue esquecer o que aconteceu naquele inverno. Rahim Khan liga para ele e o chama para voltar ao Afeganistão. Após muito pensar ele decide ir até lá, rever alguns de seus fantasmas, relembrar sua infância, mas o que acontece com o seu retorno ao Afeganistão, mudará sua vida para sempre.


Adorei a história, o autor sabe escrever livros bem dramáticos e com temas que nos faz pensar até que ponto o ser humano pode chegar. A forma que ele descreve os costumes das famílias afegãs, as citações do corão, tudo muito bom. Acrescentou muito em minha vida a leitura dos livros desse autor. Confesso que em muitos momentos fiquei com raiva do personagem principal por causa de sua covardia, mas, no final entendo o porquê de tudo isso.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...