Resenha: O sol é para todos Resenha: Em algum lugar nas estrelas Resenha: Laços

Resenha Estilhaça-me

Título: Estilhaça-me

Autor: Tahere Mafi

Editora: Novo Conceito

Ano de publicação: 2011

Páginas: 304

ISBN: 9788563219909


Nota: 04/05



Juliette não toca ninguém a exatamente 264 dias, da última vez que fez isso, matou uma pessoa e foi presa. Ela se sente um monstro por isso, sabe que nunca será uma pessoa normal.  Desde criança, ela foi rejeitada pelos seus pais que a achavam um peso na vida deles. Na escola, não tinha amigos, todos ficavam longe dela por medo de serem vítimas de seu toque letal. Presa em um manicômio, ela não tem contato com ninguém e passa todos os dias tendo esperanças de que um dia as coisas mudem.


Até que certo dia, Juliette é surpreendida. Surge um companheiro de cela, que a principio ela não tinha o reconhecido, mas depois viu que ele era um aluno de sua escola.  Adam demonstra desprezo ao chegar, nos dias seguintes faz de tudo para tentar se aproximar dela. Juliette se sente extremamente atraída por ele, mas sabe que uma possível relação entre eles é impossível.

Juliette se mantém isolada dele, até que certo dia, Warner entra na cela acabando com a farsa. Warner faz parte de O Restabelecimento, instituição que assumiu o poder após o mundo entrar em colapso. Os pássaros não voam mais, a água não é mais potável, o ar poluído e para resolver estes problemas mundiais O Restabelecimento tomou o poder. Warner é completamente obcecado por Juliette, acha ela incrível e quer ela como sua aliada, para usar seu poder para render os rebeldes.

O que Warner não contava, era que Juliette tem outros planos e fazer mal aos outros não está entre eles. Ele quer fazer dela sua marionete, lhe da roupas, sapatos, muito conforto e em troca quer que Juliette seja sua e o ajude nos seus planos.

Para acabar com esse pesadelo que ela está passando ao lado de Warner, a única solução seria fugir para um lugar melhor, mesmo não tendo certeza de que exista um. Adam está disposto a ajudá-la no que for preciso até mesmo em fugir.

A história em determinado momento lembrou o filme X-MEN. A personagem principal percebe que não está sozinha, que não é só ela que tem poderes sobrenaturais, o que deixou a história muito interessante e deixa com vontade de descobrir o que vai ser da personagem daqui pra frente.

O legal no livro é que os pensamentos contraditórios da personagem principal são riscados, como que para ressaltar que esses pensamentos são confusos e como a personagem é indecisa em certos momentos.  Estou confiante de que a trilogia vai ser muito boa se continuar seguindo a risca do primeiro livro.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...