Resenha: O sol é para todos Resenha: Em algum lugar nas estrelas Resenha: Laços

Resenha Fragmenta-me

Título: Fragmenta-me

Autor: Tahere Mafi

Editora: Novo Conceito

Ano de publicação: 2014

Páginas: 70

ISBN: 9788581635002

Nota: 04/05






Um conto adicional do 2º livro Liberta-me escrito sob a ótica de Adam. No dia marcado para acontecer o confronto entre os soldados do Restabelecimento e os integrantes do Ponto Ômega, Adam não acredita muito no potencial de Juliette.


Se ele pudesse deixá-la para trás, para que ela não atrapalhasse a batalha ele faria isso, mas sabe que Juliette nunca aceitaria isso. A batalha inteira a única preocupação dele é com seu irmão James, ele não pensa em outra coisa, e só está lutando por pensar que no final, ele vai conseguir ficar em paz com seu irmão em algum lugar.

Algo inesperado acontece, Juliette é sequestrada e isso o deixa bravo com ela! Adam fica indignado, e ao perceber que descobriram a localização do Ponto Ômega e que vão atacar o local, ele decide deixá-la para trás e tentar salvar seu irmão.

Nunca iria esperar essa atitude do Adam do primeiro livro e do segundo livro também, só após ler este conto, que percebemos que Adam é um cara grosso, chato e que só pensa em seu irmão e mesmo assim, o trata mal!

Sabendo da possibilidade de ela estar morta, ele parece estar feliz de ter conseguido se safar e de ter encontrado James. Kenji tenta convencer ele de que precisam voltar para encontrá-la, mas Adam não demonstra interesse nisso. Foi ai que meu encanto pelo personagem foi para o espaço. Depois de todas as brigas e lutas para ficarem juntos, ele não demonstra estar interessado em reencontrá-la.


Este conto deixa um pouco claro que na verdade, para Adam, Juliette é dispensável já seu irmão não.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...