Resenha: O sol é para todos Resenha: Em algum lugar nas estrelas Resenha: Laços

Resenha - 24 Horas - Deadline


Título: 24 Horas - Deadline

Autor: James Swallow

Editora: LeYa

Ano de publicação: 2014

Páginas: 304

ISBN: 9788544100851

Nota: 04/05



Tão intenso quanto a série televisiva

24 Horas – Deadline narra os acontecimentos após o final da oitava temporada da série televisiva. O último episódio da série foi em maio de 2010, muitos momentos desse livro remete à essa época, confesso que foi difícil lembrar dos acontecimentos, mesmo que eu já tenha assistido as oito temporadas duas vezes anteriormente.

Jack Bauer foi declarado pelo governo americano foragido, muitos dos crimes do qual foi culpado aconteceram na oitava temporada. Bauer está em Nova York e tem planos de deixar o país antes de ser capturado, sabe que seu tempo é curto, porém, Jack tem planos de antes de desaparecer “de vez”: é uma promessa que fez para a sua filha, Kim Bauer, que é reencontrá-la mais uma vez, assim como sua filha e neta de Jack, Teri.

Além do FBI na cola de Bauer, há também o grupo de operações secretas da SVR da Rússia. Este último tem planos de executar Bauer pelos danos causados ao governo da Federação Russa, em especial o plano de executar o presidente russo, Yuri Suvarov.

Na fuga, Jack conta com a ajuda de um antigo aliado, Chase Edmunds, ex-agente de campo da UCT e ex-namorado de Kim. Chase usa o nome de Charlie Williams, até então, trabalha como motorista particular de um mafioso local. Com os problemas em sua mão devido ao vírus Cordilla (3ª temporada), Chase tem sérios vícios de analgésicos para aliviar a dor local.

Chase colabora com a fuga de Jack e planejam uma viagem para Los Angeles para Jack se encontrar com Kim. Com a ajuda de um colega de “Charlie”, eles traçam o roteiro para a viagem até a California. Como Jack tem um mandado de prisão, estradas e aeroportos são descartados para a viagem, então decidem fazer a viagem em um trem de carga, o local que eles escolhem para embarcarem ilegalmente no trem, é em uma cidade chamada Deadline.

Deadline é descrita como uma cidade no meio do nada, com estabelecimentos abandonados e pouco comércio. Como Jack e Chase têm bastante tempo até o tempo de o trem cruzar a cidade, decidem se hospedar em um hotel até o momento de embarcarem.

Até aí tudo tranquilo para os dois, até o momento de Jack olhar através de janela do seu quarto e ver uma mulher sendo agredida pelo que parece ser um membro de uma gangue de motoqueiro. Jack decide tomar as dores da moça e, posteriormente arrumar uma enorme briga com a gangue de motoqueiro conhecida como Night Rangers MC. A Night Rangers MC não chega a ser como a Sons of Anarchy, mas também opera com outros meios de se ganhar dinheiro, como a prostituição e o trabalho escravo para produção de drogas.

Em meio a isso, o livro também narra os acontecimentos do ponto de vista do FBI e da SVR. No FBI, o responsável pela operação de capturar Bauer, Thomas Hadley, tem ódio mortal de Bauer e irá fazer de tudo para chegar até ele, nem que seja necessário burlar as leis federais. No comando da SVR, está Arkady Bazin, um patriota da “Mãe Rússia” que não planeja decepcionar uma ordem vinda direta do seu presidente.

Os 24 capítulos do livro têm uma narração intensa, assim como vemos na série, simulando um relógio, há ação e momentos de tirar o fôlego. Porém o livro deixou um pouco a desejar no que diz respeito ao cenário. Os acontecimentos começaram às 17:00, mas na 13ª hora, o cenário era descrito como noite, parecia que o sol nunca ia sair no livro.


Os fãs de 24 Horas não podem deixar de ler essa obra, que descreve os acontecimentos pós oitava temporada e antecede a nona temporada que foi lançada em 2014 e se passa em Londres.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...