Resenha: O sol é para todos Resenha: Em algum lugar nas estrelas Resenha: Laços

RESENHA - A BUSCA ONÍRICA POR KADATH



Título: A busca onírica por Kadath
                                           
Autor: H.P. Lovecraft
                              
Editora: Hedra

Ano de 1ª publicação: 1926/1927

Páginas: 170

ISBN: 9788577152902

Nota: 03/05



Zenig de Aphorat tentou chegar à desconhecida Kadath na devastação gelada, e hoje o crânio deste explorador encontra-se engastado em um anel que adorna o dedo mínimo de uma entidade que não preciso nomear.


“A busca onírica por Kadath” é protagonizado por Randolph Carter, o alterego de Lovecraft que aparece em outros contos do autor. Em seus sonhos Lovecraft visualizava diversas terras e seres fora de nosso poder de imaginação e assim criou seu “Ciclo dos Sonhos”, algumas obras do autor que se conectam em diversos pontos.
Carter é um sonhador que prefere os sonhos ao “mundo em vigília”, um modo diferente que Lovecraft utiliza para citar o mundo em que estamos acordados. Em meio a sonhos e pesadelos Carter vislumbra a cidade dourada e nunca mais a tira da cabeça. Carter fica tão fascinado com a imagem dessa cidade que decide viajar através da Terra dos Sonhos para reencontrá-la, esquecendo assim o mundo em vigília.

Mapa da Terra dos Sonhos
Nessa viagem Carter sabe que enfrentará diversos caminhos tortuosos onde habitam as mais incríveis criaturas até chegar a seu destino, porém isso não diminui a ânsia que ele tem pela tal cidade. Sua jornada passa por caminhos obscuros e por belas paisagens que ao mesmo tempo são aterrorizantes.
A cada “vilarejo oculto” que existe na Terra dos Sonhos Carter vai se familiarizando com as criaturas monstruosas que os defendem, mas mesmo sabendo dos poderes destrutivos que essas criaturas possuem Carter mantém a frieza aliada ao medo para criar certa simpatia com os habitantes desses lugares horrendos. Por vezes ameaçado, Carter é ajudado pelos Ghouls, criaturas diabólicas, humanoides com patas traseiras em forma de cascos, aparência canina e garras afiadas que já protagonizaram outras obras de Lovecraft. Esses seres são inspirados no mito árabe dos ghûls mencionados nas "Mil e uma noites".
Antes chegar ao castelo de ônix dos Grandes Deuses, localizado na escondida Kadath, Carter é auxiliado também, além dos Ghouls, pelos Gatos de Ulthar, criaturas capazes de transportar-se para o lado escuro da Lua na Terra dos Sonhos. Entretanto, os Grandes Deuses tem uma surpresa para nosso viajante da escuridão.

Em meio a tantas criaturas bizonhas e terras inconcebíveis “A busca onírica por Kadath” é uma história onde tudo é possível, e a imaginação do leitor precisa estar ligada a mil por hora para acompanhar esse mundo fantástico que Lovecraft criou.
Já adianto que não é um livro fácil de ler, pois além de não existir separação em capítulos para podermos respirar, o autor utiliza um vocabulário bastante diferente do habitual.
Nessa edição da Editora Hedra existe um apêndice que contém uma carta de Lovecraft, o soneto “Noctétricos” de Fungos de Yuggoth e os contos “A chave de prata”, “O navio branco”, “Celephaïs”, “Os gatos de Ulthar” e “Os Outros Deuses”, que ajudam o leitor a se aprofundar mais no mundo dos sonhos criado pelo autor.
H.P. Lovecraft é conhecido por seus contos de horror cósmico que influenciam muitos autores até hoje, porém nessa história ele deixou evidente que sabe trabalhar com a fantasia também.


O som perfeito para curtir esse livro é da banda americana OTEP. Quem ler vai entender o porquê.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...