Resenha: O sol é para todos Resenha: Em algum lugar nas estrelas Resenha: Laços

Resenha: O mistério dos sete relógios

Título: O mistério dos sete relógios

Autor: Agatha Christie

Editora: Nova Fronteira

Ano de publicação: 2014

Páginas: 266

ISBN: 9788520939918

Nota: 05/05

Mais uma vez, fui surpreendida pela trama que a nossa Rainha do Crime construiu nessa história. Eu não esperava muita coisa dessa vez, achei que não seria tão bom quanto os outros que eu já li, mas foi muito pelo contrário, esse livro se tornou um dos que eu mais gostei até hoje.

Quando começamos a leitura, não conseguimos imaginar no que essa história vai dar. Conhecemos muitos personagens no decorrer do livro, mas uma em especial se destaca e ela é a Bundle. Uma garota muito perspicaz que não desiste e nem deixa que as pessoas a subestimem por ser mulher.

Bundle ou Ms. Eileen tem um pai Mr. Caterham que eu achei incrivelmente engraçado e liberal. Ele não liga da filha sair por ai sozinha, fazendo o que der na telha, a única coisa que o incomoda é quando os problemas dela afetam a ele, caso contrário, ele não liga. Mr. Carterham gosta de viver sua vida de forma tranquila e do jeito que ele quer, odeia ser incomodado com qualquer tipo de problema e detesta visitas.

“- Papai – advertiu Bundle -, tenho a impressão de que sem mim o senhor vai se expor a graves perigos.
- Cada um se expõe aos perigos que merece – sentenciou Lord Caterham.”

O assassinato que acontece no livro é só o início de uma série de acontecimentos que chamam a atenção para um detalhe no crime, os sete relógios. Era só para ser uma brincadeira com uma pessoa que deixava Lady Coote nervosa por dormir demais, mas acabou que se tornou em algo muito pior. Mas, um detalhe intrigante, na verdade no quarto havia oito relógios, por que foram deixados apenas sete relógios no quarto?

Bundle acaba se envolvendo nessa história bem por um acaso, parece que mesmo quando você tenta fugir de confusão, a confusão vem até você, foi mais ou menos isso que aconteceu com ela. Ela é esperta o suficiente para agir sozinha, mesmo tendo algumas pessoas que ela acha que poderia confiar, mas como não sabe exatamente onde está pisando, ele prefere agir sozinha.

“Ainda bem – disse.- O meu lema é evitar aborrecimentos. E agora não me leve a mal, Lady Eileen, mas acho que já está na hora de a senhora voltar para a cama.”

Vi muito nessa história, um personagem subestimando o outro, o que foi um erro. Acredito também que se isso não tivesse acontecido, para descobrir a pessoa responsável pelo assassinato não seria possível.

Aparentemente, várias pessoas estariam envolvidas nessa história, portanto Bundle teria que tomar muito cuidado ao se envolver nisso. Ela conta com sua simpatia infalível e seu jeito carinhoso de tratar subordinados para conseguir coisas que ela jamais acreditaria que fosse possível. Bill seu grande amigo e Battle o investigador tentam todo tipo de conselho para fazer com que ela desista de seguir em frente, pois ela estava se arriscando muito, se fosse pega, não dava para saber o que seria dela. Mesmo assim, teimosa do jeito que é, Bundle vai dar seu jeito para conseguir entender melhor tudo o que estava acontecendo, mesmo correndo perigo.


Essa foi uma das histórias da autora que eu não fazia a menor ideia do que ia dar no final. A cada capítulo era uma surpresa, e mais uma vez só fui entender tudo no final. Gente, sério, não da para adivinhar antes, acho que vou começar a ler os últimos capítulos primeiro só para a autora não me tapear (risos). Eu mais do que recomendo a leitura, é uma história bem instigante que vai te deixar com a pulga atrás da orelha com várias pessoas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...