Resenha: O sol é para todos Resenha: Em algum lugar nas estrelas Resenha: Laços

Resenha: A Melodia Feroz

Título: A Melodia Feroz

Autor: Victoria Schwab

Editora: Seguinte

Ano de publicação: 2017

Páginas: 378

ISBN: 9788555340413

Nota: 05/05

*Enviado pela editora para resenha.  

Vou confessar que, quando comecei a ler esse livro, não sabia muito o que esperar, apesar de ter lido a sinopse, mesmo assim não consegui filtrar muita coisa sobre ele. Recebi esse livro em parceria com a Editora Seguinte e quando li o nome eu já achei que a história era de terror o que me deixou um pouco receosa. Ao conversar com uma amiga, ela me disse que tinha adorado ler, então decidi arriscar e ver o que me esperava.

Eu demorei muito tempo para ler esse livro, mas não porque o livro é ruim, muito pelo contrário, mas sim pela falta de tempo.

Vamos conhecer a Kate, uma garota que aparentemente adora se envolver em problemas com a intenção de fazer seu pai Harker finalmente traze-la de volta para morar com ele, e para que isso finalmente aconteça, nas últimas escolas que a garota passou, ela fez de tudo para ser expulsa, até colocar fogo em uma capela.

Vamos conhecer também August, um garoto que não se conforma em viver confinado em casa, sabendo que têm acontecido muitas coisas que ele poderia ajudar entrando para a Força Tarefa igual seu irmão Leo. Henry e Emily seus “pais” não aceitam essa ideia de jeito nenhum, mas o garoto está disposto a conseguir o que quer e não vai desistir de maneira nenhuma.

O que sabemos é que existe uma divisão da Cidade V em Cidade Sul que é comandado por Henry Flynn e a Cidade Norte que é comandada por Harker.  

Com a violência crescente, monstros como os malchais e os corsais foram surgindo aterrorizando a todas as pessoas comuns. Harker cobra caro daqueles que querem sua proteção e não querem ter problemas com os monstros, já Flynn, tem a sua disposição a FTF que luta todos os dias contra esses monstros para sobreviverem. E não só isso... Os sunais também estão ao lado de Flynn; August, Leo e Ilsa são sunais, seres capazes de sugar as almas das pessoas pecadoras apenas utilizando a música. August utiliza um violino para sugar suas almas e dessa forma se alimentar.

Uma ponto a se considerar sobre os Sunais: eles tem marcas por todo o corpo no formato de estrelas e cada estrela/linha significa a quantidade de dias que eles não sucumbiram as trevas.

Com a divisão entre Norte e Sul, Flynn e Harker fizeram um acordo de trégua depois de um acontecimento marcante para todos. Essa trégua tem durado há anos, mesmo assim, muitos parecem querer que isso tudo acabe e uma nova guerra pode começar a qualquer momento.

August depois de tanto insistir em querer ajudar, acaba sendo designado a começar a estudar na mesma escola em que Kate foi transferida e a missão do garoto é vigia-la, para que se Harker tentasse algo para acabar com a trégua, seria muito bom ter a garota como moeda de troca.
Kate quer mostrar ao pai de qualquer maneira que pode ser exatamente o que ele espera, e para isso, vai tomar uma atitude extrema para tentar impressiona-lo, mas parece que nada nunca é o suficiente.

O destino ajuda August, que acaba se tornando amigo de Kate. Mas a garota é curiosa e inteligente demais, e seu segredo pode acabar sendo descoberto a qualquer momento.

Até que certo dia, tudo muda e os dois são obrigados a se unirem de verdade, para que eles consigam se sair bem e até mesmo vivos. Depois disso, muitas revelações e lembranças do passado, ajudaram os dois a entender muitas coisas que estão acontecendo e até mesmo se defenderem de quem realmente será necessário e confiar somente em si mesmos.

Vai ter confrontos? Vai ter sim, vários! Muito sangue, muita treta, muita briga, várias fugas e vários momentos que vamos pensar, já era, agora vai dar ruim, maaaaas, tudo pode acontecer.

Confesso que fiquei cheia de dúvidas durante todo o livro e cada hora que algo era esclarecido tudo começava a fazer sentido. Gente que você acha a história toda que está do lado do bem, mas, na verdade não está. O bom é que, a autora vai falando sobre várias coisas durante o livro e vai resolvendo tudo aos poucos, de forma que me deixou satisfeita. O final me deixou bem intrigada e empolgada para ler a continuação. Fiquei bem surpresa e pensando, realmente nada é o que parece, nada acaba quando tudo termina kkkk. Espero que o segundo livro continue na mesma pegada do primeiro, que ai sim essa trilogia vai ter tudo para ser uma das minhas preferidas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...